Jornal Hoje – Reportagem com Helder Montenegro


Agora vamos falar de um problema na coluna que afeta pelo menos cinco milhões de brasileiros, a maioria homem. É a hérnia de disco. Novos tratamentos estão ajudando o paciente a sentir menos dor e o melhor, sem a necessidade de cirurgia. Essa reportagem foi um pedido dos nossos telespectadores.
Uma esticadinha no corpo. Foi o que livrou a dona Valquíria da cirurgia, depois de tentar vários tipos de tratamento para a hérnia de disco.
“Eu já fiz hidroterapia, RPG, natação,… já fiz todo tipo de tratamento. Eu não conseguia andar, me movimentar, travou. Sabe o que é você travar e não conseguir dar um passo?”
E trava mesmo. Isso acontece quando o disco que nós temos entre as vértebras é comprimido e acaba se esparramando. Ao fazer isso, encosta no nervo e causa dor. Por isso o tratamento desenvolvido por esse fisioterapeuta de Fortaleza começa com sessões nesse aparelho de tração.
“A tração vai realizar a abertura entre uma vértebra e outra. Isso alivia bastante a dor do paciente” (Helder Montenegro, fisioterapeuta).
A segunda etapa do tratamento é para devolver os movimentos. Esta mesa se encarrega disso.
“Deixa o tronco do paciente fixo na parte superior e trabalha só com as pernas” (Helder Montenegro, fisioterapeuta).
Depois do alívio da dor e de recuperar os movimentos normais da coluna, vem a parte mais importante do tratamento, a estabilização vertebral, que é feita com exercícios de musculação, um tipo de manutenção que é para o resto da vida. Para isso são indicados os aparelhos que respeitam a anatomia das vértebras, sem nenhum tipo de peso.
“Após qualquer que seja o tratamento de fisioterapia, cirurgia, o que for, é necessário o fortalecimento dessa musculatura profunda”. (Helder Motenegro, fisioterapeuta).

Tratamento NÃO cirúrgico para
Hérnia de Disco e Dor Ciática

Conheça o Tratamento

Receba mais informações sobre Dor nas Costas
gratuitamente em seu e-mail.