Guia de Postura – Postura correta com os bebês

Mamães no período pós/gestacional apresentam queixas frequentes de dores no pescoço e nas costas, muitasvezes decorrentes de toda alteração na mecânica da coluna que ocorre durante os nove meses da gestação até o nascimento.

Durante a amamentação, é muito comum o aparecimento de dores no pescoço e nos ombros, pois a mãe permanece em uma mesma postura, sustentando o bebê no braço com a cabeça inclinada e direcionada para ele.

Não só a amamentação, como todos os cuidados diários do bebê costumam ser tarefas sofridas e dolorosas, tanto para as mães como para os pais. Isso acontece devido aos movimentos que se repetem várias vezes durante o dia ao retirar a criança do berço, dar banho, trocar a fralda e colocá-la novamente no berço, pois são normalmente realizados de forma incorreta, sem apoio e com um fator agravante, que é o peso do bebê. Nas imagens a seguir, você poderá encontrar uma sequência de movimentos comuns ao dia a dia de mães e pais realizados de forma incorreta e correta, respectivamente.

1) Amamentando o bebê

Errado: Nesta imagem, podemos observar que o peso da criança está todo nos braços da mãe, sobrecarregando os ombros e o pescoço. A mãe está com o olhar voltado para o bebêm fazendo, assim, uma inclinação e uma rotação da cabeça. Essa postura, por períodos prolongados, pode gerar tensão nos músculos do pescoço e das costas, provocando a dor.

Certo: Neste caso, procure utilizar um apoio para os braços e o pescoço, deixando-os em uma posição bem relaxada. Ao direcionar o olhar para o bebê, procure não permanecer dessa forma por longos períodos. Se possível, procure alternar o braço de apoio do bebê na próxima mamada.

 

2) Banhando o bebê

Errado: Nesta imagem, podemos observar um posicionamento que pode ser doloroso para mãe, sobrecarregando coluna e joelhos, além de ser inseguro para o bebê, já que ele está em constante movimento.

Certo: Procure posicionar a banheira a uma altura em que sua coluna permaneça ereta, podendo ser uma mesa ou um suporte próprio para banho. Nesta imagem, podemos observar um posicionamento que pode ser doloroso para mãe, sobrecarregando coluna e joelhos, além de ser inseguro para o bebê, já que ele está em constante movimento. Utilize o movimento de pernas, posicionando uma na frente da outra, oferecendo, assim, uma base necessária para que o joelho dobre, evitando curvar a coluna e proporcionando um melhor apoio. Lembre-se sempre de realizar a contração abdominal ensinada anteriormente.

 

3) Retirando e colocando no berço

Errado: podemos observar nesta imagem uma inclinação excessiva para frente e uma sobrecarga na coluna devido às grades do berço, que impedem o movimento para retirar ou colocar a criança, cujo peso também intensifica a má postura.

Certo: Dê preferência a berços com grades que tenham a altura regulável. Assim, você não precisará fazer uma inclinação tão excessiva. Mas, caso isso não seja possível, redobre a atenção. Para retirar ou colocar o bebê no berço, lembre-se de manter a criança próxima ao seu corpo, evitando sobrecarregar braços e ombros. Procure contrair os músculos abdominais, conforme orientado anteriormente. Posicione-se lateralmente ao berço e utilize o movimento das pernas, colocando uma na frente da outra, oferecendo uma base necessária para que o joelho dobre, evitando curvar a coluna para chegar até o bebê.

 

4) Trocando as fraldas

Errado: nesta imagem, a cama onde o bebê está sendo trocado está muito baixa, e a mãe encontra- se em uma postura que gera bastante sobrecarga nas costas. Por permanecer durante um período prolongado nesta posição curvada, ao levantar-se ela poderá sentir dor.

Certo: Ao trocar a fralda do bebê, procure posicionar o trocador em uma altura em que sua coluna permaneça ereta, podendo ser uma mesa de estudos ou de jantar próxima ao posicionamento dos seus braços, evitando curvar-se para frente. Mantenha todos os objetos utilizados, como fraldas e material para higiene, próximos e de fácil acesso.

Tratamento NÃO cirúrgico para
Hérnia de Disco e Dor Ciática

Conheça o Tratamento

Receba mais informações sobre Dor nas Costas
gratuitamente em seu e-mail.