Rotina no trabalho prejudica o seu corpo

Hoje muito se fala sobre as lesões oriundas de um trabalho excessivo e de maneira inadequada. As lesões normalmente ocorrem por atividades desenvolvidas no trabalho, através do excesso de uso do sistema musculoesquelético.

rotina-trabalho-prejudica
A repetição de atividades, a postura incorreta e o excesso de força podem comprometer a flexibilidade tecidual. As ditas LER/Dort (Lesões por Esforços Repetitivos/Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho) englobam uma série de doenças, dentre as quais a tenossinovite, a tendinite e a bursite são as mais conhecidas. As LER/Dort são responsável por lesões nos tendões, músculos, articulações e nervos.

Assim, um ambiente de trabalho inadequado, repetição das atividades, mobiliário não adaptado, cobrança por produtividade, má divisão das tarefas e sobrecarga física são alguns dos fatores que levam o profissional a desenvolver alguma das doenças das LER/Dort.

Dessa forma, uma atividade laboral diária vem contribuir com a melhora da força e flexibilidade muscular, aumento da consciência corporal e, assim, prevenir tais sintomas descritos.

trabalho-corpo-doente

 

Vejamos alguns exercícios que podem contribuir não só para sua saúde no trabalho, mas também para a melhora do desempenho:

 

  • • Em pé, apoie todo o corpo na parede, com os joelhos ligeiramente dobrados, para facilitar o apoio da região lombar. Afaste os ombros das orelhas, abaixando-os e desenrolando-os. Com uma das mãos, puxe a cabeça para o lado inclinando-a. Em seguida, repita do outro lado. Manter por 30 segundos de cada lado. Repetir mais 2 vezes.

  • • Em pé ou sentado, com a coluna reta, apoie as mãos atrás da cabeça e olhe para o chão. Manter por 30 segundos. Repetir mais 2 vezes.

  • • Em pé ou sentado, levante o braço para frente, com o cotovelo estendido, de tal maneira que o ombro forme um ângulo de 90° com o restante do corpo. Pegue a mão trazendo os dedos em sua direção e para cima, não se esquecendo do polegar. Em seguida realizar o mesmo procedimento com a outra mão. Manter por 30 segundos. Repetir mais 2 vezes. Após essa atividade, realizar o mesmo posicionamento do braço, porém, trazendo os dedos agora para baixo. Manter por 30 segundos. Repetir mais 2 vezes.

  • • Em pé, ao lado da parede, estique o braço para trás, sem deixar o corpo ou a cabeça compensar para frente.  Afaste o ombro da orelha, abaixando-o e desenrolando-o, e gire o corpo no sentido contrário. Manter por 30 segundos de cada lado. Repetir mais 2 vezes.

  • • Em pé, apoie na parede ou no encosto de uma cadeira. Puxe a perna por de trás do corpo com uma das mãos. Manter por 30 segundos de cada lado. Repetir mais 2 vezes.

  • • Sentado em uma cadeira, estique as pernas o máximo que conseguir e incline o corpo para frente tentando alcançar os pés. Deixe os ombros e o pescoço relaxados. Manter por 30 segundos. Repetir mais 2 vezes.

Tratamento NÃO cirúrgico para
Hérnia de Disco e Dor Ciática

Conheça o Tratamento

Receba mais informações sobre Dor nas Costas
gratuitamente em seu e-mail.