Hérnia de Disco na Coluna Cervical

hernia-de-disco-cervicalA hérnia de disco é uma patologia que pode surgir em toda a extensão da coluna, porém, existem algumas áreas onde a incidência é mais frequente em virtude da maior mobilidade que apresentam de modo particular, é o caso das regiões lombar e cervical.

O que é?

Essa doença ocorre quando o material (núcleo pulposo) localizado dentro do disco intervertebral (estrutura localizada entre as vértebras da coluna e que ajuda no “amortecimento” dos impactos que a região sofre), é projetado para fora do disco em função de uma ruptura no ânulo fibroso (parte externa do disco), causando a compressão de alguma raiz cervical. As raízes cervicais são responsáveis pela inervação dos membros superiores.

Quais as causas?

Normalmente, os discos herniados surgem em decorrência de um trauma ou por esforço excessivo. Outros pacientes também podem desenvolver a hérnia de disco cervical em decorrência do envelhecimento que promove o desgaste natural dos discos ou ainda por fatores genéticos. Na verdade, todos nós sofremos uma degeneração natural do disco conforme envelhecemos. O disco tende a desidratar, o que gera fragilidade em sua estrutura e aumenta os riscos de ruptura e, consequentemente, de herniação. Mais fatores de risco: obesidade, postura incorreta, tabagismo, movimentos repetitivos de flexão/torção da coluna vertebral, dentre outros.

Existem sintomas?

O principal é a dor, cuja intensidade sempre varia dependendo do quadro clínico do paciente. Outros sintomas podem incluir: sensação de irradiação da dor para outros membros, como o braço ou a mão; formigamentos; alteração da sensibilidade; cãibras; redução de força ou até mesmo travamento, etc.

E o tratamento?

Os principais exames para auxílio no diagnóstico da hérnia de disco são as radiografias e a ressonância magnética. A maior parte dos casos (cerca de 90%) de hérnia de disco é resolvida com o tratamento conservador, sem procedimentos agressivos.

A Reconstrução Músculo-Articular da Coluna Vertebral foi desenvolvida pelo ITC Vertebral para o tratamento de hérnia de disco e outras lesões da coluna, como lombalgia, cervicalgia, dor ciática, protrusão discal, espondilose, artrose, etc. O método não-cirúrgico utiliza técnicas de fisioterapia manual e tecnologia durante as sessões de tratamento, metodologia exclusiva que já alcançou projeções em outros países.

Tratamento NÃO cirúrgico para
Hérnia de Disco e Dor Ciática

Conheça o Tratamento

Receba mais informações sobre Dor nas Costas
gratuitamente em seu e-mail.