Colchões e travesseiros podem ser causadores de doenças

Dormir bem é sinônimo de qualidade de vida. Mas o que muita gente ainda não sabe é que o colchão é o responsável por diversas doenças, como dores nas costas e alergias. Um mal que pode surgir é a escoliose, que é a deformação óssea na coluna. O mau posicionamento na hora de dormir, além da escoliose, pode causar também a hérnia de disco. Essas doenças podem acontecer em qualquer idade.

O uso irregular do colchão e do travesseiro pode causar ainda distúrbio do sono. Esse distúrbio faz a pessoa sentir cansaço e sono durante o dia. E isso afeta crianças também.

O uso correto dos travesseiros também deve ser observado. Eles precisam ser trocados a cada dois anos. A maneira como o travesseiro é usado é muito complexa, pois depende de cada pessoa. A tecnologia tem ajudado na fabricação de travesseiros e colchões, o uso de molas de gel, travesseiros com regulagem e até a novidade como o travesseiro com cheiro de chocolate.

COMO ESCOLHER O MELHOR COLCHÃO?

Antigamente, costumava-se pensar que os colchões para a coluna deveriam ser aqueles bem macios, porém, estes deformavam muito com o passar do tempo e a compra do produto acabava em um prejuízo, pois a tendência do colchão muito macio é afundar quando recebe pressão, o que dificulta manter o corpo na posição reta.

Com o surgimento dos colchões ortopédicos e magnéticos, pensava-se que este era o melhor colchão para coluna, porém, a eficiência do magnetismo nos colchões não é garantida. Colchões muito duros também não são os melhores, já que não acomodam adequadamente as curvaturas do tronco. Os melhores colchões para coluna devem exercer uma função ortopédica para seu usuário.

Para isto ocorrer precisa-se combinar o colchão para coluna e o seu biotipo. Então, se você possui problemas na coluna, o colchão de mola promete fazer a melhor distribuição do peso corporal. Além disso, o colchão de mola não é macio nem rígido demais, ele é firme. Nele, todas as curvas do corpo têm apoio e a coluna fica reta, sem ser forçada. Ou seja, não se deformam tão facilmente quanto outros tipos de colchões.

O ideal é pedir orientação a um médico ortopedista, só ele saberá indicar com precisão quais são os melhores colchões para coluna que atendem às suas necessidades. Portanto, deve-se prestar atenção em alguns fatores, pois está cientificamente comprovado que o colchão deve levar em conta o peso e a estatura do indivíduo, já que o que faz a diferença na hora de escolher é a densidade que este colchão possui. Se ele suporta o seu peso e faz a distribuição correta dele. Além disso, deve permitir o movimento seguro e suave enquanto você dorme, adquirindo o contorno do seu corpo.

Fonte: Rádio JC/CBN Recife

Tratamento NÃO cirúrgico para
Hérnia de Disco e Dor Ciática

Conheça o Tratamento

Receba mais informações sobre Dor nas Costas
gratuitamente em seu e-mail.