Hérnia de Disco e suas causas principais

Os principais fatores responsáveis pelo surgimento da hérnia de disco.

causas-hérnia-de-discoA coluna vertebral é formada por ossos (vértebras) cuja finalidade é proteger os nervos que se iniciam no cérebro e descem pelas costas, constituindo a chamada medula espinhal. Entre esses ossos estão os discos, que além de deixar espaço entre as vértebras, atuam de modo a proteger a coluna vertebral. São eles os responsáveis pelos movimentos das vértebras que, consequentemente, nos permitem se curvar ou se alongar.

 

O foco do problema discal

Quando, por algum tipo de lesão ou esforço, o núcleo pulposo do disco intervertebral migra do seu lugar (no centro do disco para a periferia) em direção ao canal medular ou também nos espaços onde as raízes nervosas saem, levando à compressão dessas raízes, caracteriza-se a hérnia de disco. A hérnia de disco é uma causa de radiculopatia, traduzida como qualquer doença que afete a raiz dos nervos espinhais.

Fatores genéticos têm papel muito forte na degeneração dos discos, atuando como principal causa para a formação da hérnia de disco. Mas outros fatores também estão associados a grandes riscos à coluna: trabalhos físicos pesados e repetitivos, inclusive no esporte; inclinar e girar o tronco frequentemente; levantar, empurrar e puxar bruscamente; envelhecimento (que torna os discos menos elásticos, fazendo com que o envelope que envolve o núcleo se rompa com maior facilidade); tabagismo; excesso de peso (o acúmulo de gordura na região do abdômen favorece uma modificação no centro de gravidade corporal, o que força a coluna a se contorcer para garantir o equilíbrio. Essa ação sobrecarrega as costas, gerando dores e se convertendo em um fator de risco).

Certas profissões também contribuem para potencializar o risco de lesões na coluna lombar, como pessoas que trabalham dirigindo por diversas horas ou que fazem frequentes levantamentos e/o carregamentos de peso e com má postura, essas práticas podem comprometer a integridade do sistema muscular que dá sustentação à coluna vertebral. A postura estática de trabalho também pode favorecer o aparecimento de hérnias de disco.

Além disso, o sedentarismo pode ser determinante ao aparecimento de dores nas costas oriundas de diversas doenças como a própria hérnia de disco, uma vez que as atividades físicas voltadas para a coluna são de extrema importância na prevenção de dores nas costas.

 

Tipos de hérnia de disco

– Protusas: ocorre quando a base de implantação sobre o disco de origem é mais larga que qualquer outro diâmetro.

– Extrusas: nesse caso, a base de implantação sobre o disco de origem é menor que algum dos seus outros diâmetros ou quando há perda no contato do fragmento com o disco.

– Sequestradas: quando um fragmento migra dentro do canal, para cima, para baixo ou para o interior do forâmen.

 

Prevalência das hérnias discais

A ocorrência de hérnias de disco é mais frequente na região inferior da espinha (lombar). Na parte superior e média das costas, os discos torácicos raramente estão envolvidos, enquanto os discos cervicais (pescoço) são afetados em poucos casos.

Pessoas entre 30-50 anos são as mais afetadas pelos deslocamentos de discos. O que não significa dizer que crianças, jovens e idosos estejam livres dessa afecção na coluna. Após os 50 anos, 30% da população mundial desenvolve alguma forma assintomática do problema.

Confira aqui os principais sintomas da Hérnia de Disco

Pessoas com doenças congênitas, que afetam o tamanho do canal lombar, também apresentam grande predisposição ao problema.

 

Tratamento NÃO cirúrgico para
Hérnia de Disco e Dor Ciática

Conheça o Tratamento

Receba mais informações sobre Dor nas Costas
gratuitamente em seu e-mail.