Precisando de Ajude? Mande uma mensagem para nossos profissionais

Cifose

Doenças na Coluna

O que é cifosecifose tratamento com fisioterapia

Definida como um aumento da curvatura no plano sagital da coluna torácica. Alguns autores citam que o ângulo da cifose torácica pode variar normalmente entre 20º e 40º utilizando o método de Cobb (POOLMAN, BEEN & UBAGS, 2002). Outros citam que a cifose torácica média é de 37º Cobb (LOUBRESSE,VIALLE & WOLLF, 2005), e fixam entre 20º a 50º Cobb o limite entre o fisiológico e o patológico (FON, PITT & THIES, 1980); (BERNHARDT & BRIDWELL, 1989).
As curvaturas da coluna são definidas durante o crescimento e suas amplitudes variam de indivíduo para indivíduo. Para cada pessoa essa combinação de curvas resulta em uma economia fisiológica para a postura em pé. É preciso levar em consideração essa grande variedade fisiológica para classificar essas curvaturas em patológicas e não patológicas. As hipercifoses patológicas podem ser divididas em dois grandes grupos, aquela em que o caráter patológico se deve a importância de sua curvatura (ou posturais) e aquelas em que a característica patológica é inegável como nos casos de doenças congênitas ou adquiridas, as quais são responsáveis pelo desenvolvimento da curvatura acentuada (LOUBRESSE,VIALLE & WOLLF, 2005).

 

Sintomas da cifose

A instalação da deformação (costas arqueadas) faz-se, habitualmente, de forma lenta, com ou sem dor nas costas, fadiga, sensibilidade e rigidez da coluna vertebral.

Causas da cifose

Hipercifose: Dorso curvo juvenil
Etiologia: postural
Tipos: Leve (até 50 graus), moderada (maior que 50)
Incidência: mais comuns no sexo feminino
Evolução: podem se estruturar
Tratamento conservador: eficiente – órtese ou fisioterapia postural
Tratamento cirúrgico: raramente indicado

Hipercifose: Doença de Scheuermann
Etiologia: Cunhamento vertebral >5º
Tipos: Leves: até 50º; Moderadas: 50-70º; Severas >75º
Incidência: – 
Evolução: Progressivas e dolorosas
Tratamento conservador: Fisioterapia nas curvaturas leves
Tratamento cirúrgico: Moderadas e severas

Hipercifose: Paralíticas
Etiologia: Neuromuscular
Tipos: miopáticas e neuropáticas
Incidência: depende da doença primária
Evolução: aumenta a fraqueza muscular; piora a deformidade
Tratamento conservador: pouco eficiente
Tratamento cirúrgico: operação precoce

Hipercifose: congênitas
Etiologia: má formação
Tipos: Falhas de formação
Incidência: – 
Evolução: podem causar quadro neurológico
Tratamento conservador: pouco eficiente
Tratamento cirúrgico: precoce

Hipercifose: inflamatórias
Etiologia: osteomielites
Tipos: Leve, moderada e severa; Agudas e crônicas
Incidência: aumentando no presente
Evolução: progressiva se não tratada
Tratamento conservador: clínico-medicamentoso; fisioterapia
Tratamento cirúrgico: Se progressiva ou com quadro neurológico

Hipercifose: Pós-traumáticas
Etiologia: Fraturas – Trauma e Osteoporose
Tipos: Fraturas instáveis agudas e crônicas
Incidência: Jovens- Trauma osteoporose – senil sedentário
Evolução: pode evoluir – bom nas osteoporóticas
Tratamento conservador: agudas gesso e colete – crônicas fisioterapia analgésica
Tratamento cirúrgico: se progressivas – raramente nas osteoporóticas

Diagnóstico e exame

A observação do doente evidencia a curvatura da coluna (corcunda) que nem sempre é reconhecida pelo próprio, mas pelos familiares e amigos. A radiografia da coluna confirma o diagnóstico.

Tratamento da cifose

Depende da causa que origina a deformação: se é consequência de uma postura incorreta, o tratamento é feito por meio de exercícios de fisioterapia, pelo uso de colchões mais firmes e, se necessário, o uso de coletes ortopédicos até se completar o crescimento bem como a adaptação de palmilhas posturais que incrementam o tempo e a eficácia do tratamento; o tratamento dos outros tipos de cifose inclui a identificação e tratamento da causa. Dentre as técnicas de fisioterapia podemos utilizar a Reeducação Postural Global (RPG) que é um método totalmente isento de medicamentos e consiste de manipulações vertebrais e de membros, visando a liberação e alongamento total de músculos que com o passar dos anos ficaram encurtados causando os desvios posturais. Estas manipulações são sincronizadas com respiração específica para cada caso. É solicitado ao paciente um determinado tipo de respiração, como p. ex.: respiração abdominal, respiração apical etc. Assim haverá um ajuste entre respiração e postura. Isto é necessário pois o principal músculo da respiração(músculo diafragma) tem uma grande importância em muitos desvios.

Esta entrada foi publicada em Doenças da Coluna. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Nosso conteúdo lhe ajudou?

indique ao google e compartilhe com seus amigos

Outros Artigos:

 

17 respostas a Cifose

  1. Pingback: O peso das maxibolsas para o seu corpo « Saúde e Você

  2. marinilce de oliveira disse:

    A corcunda tambem pode ser genético ou hereditário, pois minha avo´tem e minha mae também.

  3. tania rosa martins disse:

    Gostaria de saber se quem tem cifose ,da crise convulsiva,desculpe minha pergunta pois meu filho esta com cifose e esta dando crise convulsiva,gostaria de um esclarecimento obrigado

  4. Anderson disse:

    Gostaria de saber se alguem que tem cifose mas que ja possui idade avançada para inicio do tratamento (19 anos), tem possibilidade ainda de se tratar ? e quanto aos resultados, é possivel a coluna vertebral voltar ao seu estado normal?

  5. ronaldo santos disse:

    tenho um problema bem parecido com cifose, ja fiz varios tratamentos e exames,fico sempre corcunda e o pescoso rigido ,tomo frequentemente ,tanderalgim .gostaria de uma ajuda para tratamento

  6. Pedro sá disse:

    tenho 17 anos e estou com cifose, tenho chances de voltar a ter minha coluna ao estado normal? se sim, como?

  7. Marcos Nascimento disse:

    Gostaria de saber se existem exercícios físicos para melhorar a minha postura,is tenho cifose e cada vez a mais acentuada.
    Obrigado

  8. geovani disse:

    Bom dia gostaria de saber quais são os exercicios utilizados para a correção da coluna, na minha cidade eu não encontrei ninguem que faça esse tipo de tratamento, eu moro em marilia são paulo. Obrigado, vou passar para um fisioterapeuta da minha empresa, acho que ele poderá me ajudar.

  9. janea lucia de souza barboza disse:

    gostaria de saber quais sao frequencia respiratoria de criança.

  10. janea lucia de souza barboza disse:

    gostaria de saber quais sao frequencia respiratoria de criança.sou Academica de enfermagem

  11. eu(...) disse:

    A corcunda tambem pode ser genético ou hereditário, pois meu pai tem.

    sinto muiras dores tenho 37 anos tenho chances de voltar a ter minha coluna ao estado normal? se sim, como?

  12. wemerson de jesus costa disse:

    Ola eu tenho 22 anos
    tenho muita dor na coluna e tenho uma doenca chamada doença de bufalo uma bola emcima do pescosso.
    Cinto ardendo duendo muito intensso ja fis raio x isames de sangue urina endoscopia e nada doi intenssamente
    pegando pesso e sem pegar peso
    doi muito e na autura dos brassos
    a dor so fica ali entenssa por favor meajudem estou a tempo de suisidar com essa dor.não aguento mai ja tem um ano de mão em mão de medicos e nada remedios para dor não resovem nadas remedios fortes não valem de nada.

  13. raiane disse:

    tenho 30 anos e devido a minha altura 1,82 adquiri cifose tudo começou na minha adolescencia queria esconder a minha altura,gostaria de saber se o meu caso é reversivel?

  14. marcia disse:

    Sou massoterapeuta, tenho uma cliente com hipercifose.
    Já foi em varios ortopedistas e a conclusão e sempre a mesma, dizem ser uma hipercifose genética e nada a fazer.
    Por colocar nas minhas mãos muita confiança e uma ansiedade por uma diminuição no seu caso.Gostaria muito de ter uma informação efetiva no que pode ser feito nesse caso.
    Aguardo uma ajuda.
    Atencisamente Marcia.

  15. ELDA MARIA GUIMARÃES JOHANSEN disse:

    tenho cifose, lordose cervical e lombar. tenho muitas dores.

  16. lucas disse:

    Boa noite, quem tem cifose pode fazer academia de musculação, ou tem que pedir exercicios especificos para esse tipo de caso.. Obrigado pela Atenção….

  17. Pingback: Devagar com o salto, meninas! O perigo dos sneakers - Pluii

Os textos mais lidos e “curtidos” em nosso site:

Quer mais

Conteúdos sobre fisioterapia são nossa especialidade. Leia sobre problemas na coluna vertebral, hérnia de disco, dicas e outros: